novembro 14, 2009

bateram à porta...

... para te ver. Nua. E assim cumpriste os desejos de quem te tinha desejado. De quem tinha espalhado olhares pelo teu corpo durante o café da manhã, tocando-te com pensamentos de pele beijada. Tu provocas. Barras manteiga numa torrada quente que escorre em dois dedos teus. Tu provocas, lambendo-os com um sorriso que pousa na mesa do lado, adoçando o chá que se bebe em goles demorados e que se entorna em reacção ao inesperado. Tu provocas: um guardanapo que cai propositadamente e apanhas de seguida, distraidamente com movimento de libidos matinais. Deixas brecha em decote que generosamente expõe os seios, fazendo mexer sentidos. Tu provocas, e nua abres a porta expondo-te, cumprindo promessas esboçadas durante o pequeno-almoço. Bateram à porta e mostraste-te numa nudez que se espalhou pelo corredor em ondas que encheram espaços vestidos de vazios. Bateram à porta, não era ninguém, mas tu provocas.





4 comentários:

discretos disse...

super sexual!!!!!!!

Anónimo disse...

Essas imagens me mataram.. mto. linda./bj

César

Zeze disse...

Muito Bem!!

Boas fotos!!

Casal AB disse...

Fotos espectaculares.