abril 19, 2009

és o meu doce preferido...


...quando a solidão ou a insónia ataca. Naquela noite, mais uma vez lembrei-me de ti… Era tarde, mas precisava de ti… Como te dizia sistematicamente nestas ocasiões, precisava de relaxar. Só o teu modo especial de dar prazer me fazia recuperar todo o stress acumulado durante o dia. Não tinha reparado que já tínhamos 10.000 visitas e, de repente, relembrei aquela noite em que fomos para um quarto com piscina, onde pela primeira vez experimentei penetrar-te debaixo de água…



Como sempre, mal entramos, penduraste-te em mim, beijando-me demoradamente, fazendo passear a tua língua em torno da minha. O teu corpo quente e perfeito excitava-me imenso. Os teus seios, relativamente grandes, roçavam o meu peito, fazendo-me sentir os mamilos entesados, apontando o céu.Pegando-me na mão, levaste-me para o chuveiro. Ainda vestidos e com a água encharcando aos poucos toda a nossa roupa, agarraste o meu sexo com aquela vontade que tanto apreciava em ti. Depois de pouco tempo, a água realçou ainda mais as linhas esculturais do teu corpo. Hoje não trazias soutien, e as meias vermelhas com as ligas amarradas a umas calcinhas reduzidas, preenchiam o cenário de tesão daquele momento. A um sinal teu sentei-me, ainda vestido, enquanto tu, debaixo da água que corria agora com mais pressão, te despias com movimentos sensuais. Só de meias e ligas, acariciando os seios com uma mão e abrindo o sexo rosado com a outra, aproximaste-o de mim, da minha boca, convidando-me a lamber. Inicialmente devagar, mas com o prazer galopante que sentia em ti, fui acelerando os movimentos da minha língua, tentando percorrer todos os pedacinhos daquele doce. Próxima do clímax, e como gostas, penetrei o mais que pude a língua dentro de ti enquanto tu, movimentando os quadris, controlavas a teu belo prazer o timing do teu orgasmo… Já despidos corremos para a piscina. A imagem do teu corpo nu flutuando na água excitou-me ainda mais. Puxei-te para mim e beijei-te demoradamente… Como é bom sentir os teus beijos. Sempre achei serem os melhores do mundo… Curtinhos, com a pontinha da língua, saborosos…Flectindo ligeiramente as pernas e contigo quase no meu colo, procurei o teu sexo ainda latejante e aberto pelas carícias prévias. Num movimento lento, ajudado pela redução de peso que a água oferece, encaixaste-te em mim, deslizando delicadamente ao longo do meu pénis. Devagarinho, praticamente às escuras, executamos movimentos de subida e descida, trocando imensas carícias. O meu orgasmo aproximava-se. Queria que o sentisses em toda a sua plenitude… Por isso não acelerei os movimentos. Quando senti o esperma subindo ao longo do meu membro, parei e avisei-te ao ouvido. Assim parados, concentrados e à espera do estremecer dentro de ti, disseste-me baixinho...EU GOSTO DE TI…

6 comentários:

Me permita disse...

Perfeito texto! Abraço!

íSiS disse...

Belíssimo!
que sua semana seja feliz!
íSiS

Lunna disse...

Bello e intenso texto, del que por cada palabra se respira sensualidad.

Besos.

Lunna.

Maria disse...

Incredibly sexy...

Alma d'Anjo disse...

Os teus temas em toodo sao diferentes dos meus, mas ainda assim prendest.m a leitura destes. Parabens. Continuarei atenta

Luxúria x Tentação disse...

Belo...

beijo nosso

Luxúria