janeiro 31, 2009

por ser pequena...



...decidimos colocar espelhos na parede de fundo da sala. Desse modo, sempre tínhamos uma maior sensação de espaço… Tiras verticais espelhadas, com cerca de 30 cm de largura cobriam agora aquele plano anteriormente sufocante. Nele, podíamos agora passear as nossas vaidades. Não tardou descobrirmos também o lado sensual da decisão… À noite, a luz das velas tremulamente reflectidas depressa libertaram a imaginação e a libido. O teu pijama largo de seda, com apenas dois botões permitia a visualização parcial dos seios. Sentada no sofá individual, olhando o espelho, com as pernas em abertura parcial, acariciavas os mamilos que aos poucos e poucos se tornavam visíveis sob o tecido. De soslaio ias observando todas as minhas reacções. Provocatoriamente, com a mão direita, expões um dos teus peitos e, de frente para o espelho seguras o mamilo com o polegar e o indicador, que devagar executam movimentos semicirculares. Aproximas a boca, e começas a chupá-lo sofregamente enquanto te observas, de corpo inteiro. A mão esquerda já há muito tinha deslizado para o meio das pernas, mostrando no espelho o topo da tua púbis triangular perfeita. Aproximei-me de ti com o sexo já duro, forçando o pijama, aproximando-o das tuas nádegas. Ficaste nua. Debruçaste-te sobre o sofá com o corpo em contraluz, os seios empinados de tesão e as nádegas semiabertas, deixavam ver ao espelho os lábios da vulva. Num acesso de provocação e volúpia, de costas para mim, com uma mão seguravas um seio que lambias languidamente, com a outra abrias a tua vagina, convidando-me a entrar. Pelo espelho assistíamos a tudo, assumindo um papel de espectadores de nós próprios…No espelho, vimos o meu sexo em movimentos frenéticos de penetração…Vimos os teus seios baloiçar em ritmo sincopado, por vezes violento…Vimos os teus dedos acariciando o teu clítoris saliente…Vimos o membro hirto chicoteando docemente o teu rabo…Vimos as minhas mãos apalpando-te as mamas com vigor…Vimos o teu líquido escorrendo lentamente entre pernas…Vimos músculos tensos de prazer…Vimos o estremecer dos corpos em orgasmo…No espelho, vimos as nossas mãos entrelaçadas no final …

7 comentários:

João e Joana disse...

Muito bonito o texto.
Adorei!
Bom aproveitamento dos espelhos.

Abraço

oToupeira disse...

Viram-se a vir-se!...

Moura ao Luar disse...

Os espelhos levam-nos até outras possibilidades. E vocês souberam aproveitá-lo. Beijo

Tempestade disse...

Interessante descrição de amor e paixão!

Beijos Tempestuosos!

Karnevoi disse...

gracias (molto obrigado) por el link

beijos.

Dalila Secret disse...

Parabéns seus textos são ricos em sensualidade e muito bem escritos. Dá gosto de ler e imaginar. Bjos ao casal.

{ÍsisdoEgito}JZ disse...

Irei linkar teu blog ao meu.
Será um prazer tê-lo entre minhas estrelas favoritas...

Beijos carinhosos,

{ÍsisdoEgito}JZ